Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para juízes, votação de destino do Coaf foi ‘inconstitucional’

Equipe BR Político

A União Nacional dos Juízes Federais do Brasil (Unajuf), que representa magistrados de 1.º grau, emitiu nota na tarde de segunda-feira, 13, em que afirma que a votação que devolveu, por ora, o Coaf para o Ministério da Economia é institucional. Segundo a entidade, a votação viola o processo legislativo, por “vício de iniciativa de tramitação”.

Para o juiz Eduardo Cubas, presidente da Unajuf, “o Coaf vai ficar no Ministério da Justiça independentemente da aprovação da MP”. Ele justifica: “O que vale é o decreto do presidente. A sociedade está ansiosa por ver a atuação dessa fiscalização”, diz Cubas. A mudança foi aprovada na última quinta, 9, por 14 votos a 11, na comissão de deputados e senadores que analisa a Medida Provisória da reforma ministerial, informou o Blog do Fausto.

Tudo o que sabemos sobre:

Unajufjuízescoafministério da Economia