Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Para Lupi, Bolsonaro é ‘profeta da ignorância’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O PDT recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tornar a vacinação contra o coronavírus obrigatória e para impedir que as decisões sobre isso não fiquem centralizadas nas mãos do presidente da República. O presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, bateu pesado, nesta quinta-feira, 22, em Jair Bolsonaro por dizer que o governo não vai comprar a Coronavac e chamou o presidente de “profeta da ignorância”.

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT. Foto: Marcio Fernandes/Estadão

“A gente achava que o cara podia tomar juízo. Estava calado, estava quieto. Mas não tem jeito. O ser humano não foge a sua origem. A origem reacionária, raivosa, desse profeta da ignorância que está hoje no Palácio. É impressionante”, disse Lupi em vídeo transmitido hoje para seus seguidores.

“E, agora, pasmem: ele quer impedir que tenha vacinação em massa da população. Ele quer impedir até o seu próprio ministro da Saúde, que anunciou a compra de mais de 40 milhões de doses da vacina chinesa. Parece que ele quer ver o povo brasileiro morrer. A ignorância chega a um limite que a gente não imagina”, acrescentou.

Mais uma ação contra Bolsonaro

Bolsonaro está tentando, de todas as formas, impedir a vacinação contra covid-19. Não vamos permitir. O PDT entrou com ação para garantir que as decisões sobre a vacina não fiquem nas mãos do presidente. O Brasil vai vencer essa pandemia! #PDT #12peloBrasil #É12

Publicado por Carlos Lupi em Quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Tudo o que sabemos sobre:

carlos lupicoronavac