Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para presidente, há ‘guerra ideológica’ sobre hidroxicloroquina

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro reforça diariamente sua campanha a favor da liberação geral do uso da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19, e nesta manhã de quinta, 9, não foi diferente. “Isso é uma guerra ideológica em cima disso, guerra de poder. Se o pessoal me ajudasse um pouquinho, não me atrapalhasse – não estou me refiro a A, B ou C -, o Brasil ia embora”, declarou ele para um grupo de apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada nesta quinta

O presidente Jair Bolsonaro em frente ao Palácio da Alvorada nesta quinta Foto: Reprodução/Instagram Jair Bolsonaro

A hidroxicloroquina já tem protocolo de uso aprovado pelo Ministério da Saúde para casos graves e moderados da doença. O ministro Luiz Henrique Mandetta tem ressaltado, assim como vários cientistas das principais universidades federais do País, que se trata de uma substância que ainda não foi devidamente testada, com contraindicações e que deve ser ministrada apenas pelo médico em casos específicos. Nesta semana, o titular da Saúde afirmou que a pasta acompanha estudos clínicos sobre a eficácia de medicamentos contra o novo coronavírus, entre eles a cloroquina e a hidroxicloroquina. Os primeiros resultados científicos devem ser conhecidos a partir do próximo dia 20.