Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para Ramos, atraso no pagamento dos R$ 600 é ‘covarde’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

A demora do governo para colocar em prática o pagamento aos trabalhadores informais dos R$ 600 mensais aprovados com a criação da Renda Básica Emergêncial segue rendendo críticas. Para o deputado Marcelo Ramos (PL-AM), a atitude “é covarde”.

O deputado Marcelo Ramos

O deputado Marcelo Ramos Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

“A atitude de atrasar o pagamento do auxílio de 600 reais é tão covarde com quem precisa comer e colocar comida na mesa da sua família que prefiro não acreditar que o governo faça isso pra criar instabilidade e tentar legitimar sua tese de fim do isolamento”, diz Ramos.