por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para Renan, ‘exaltar o golpe é tripudiar sobre mortos’

Marcelo de Moraes

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) criticou duramente a disposição do governo de Jair Bolsonaro de comemorar o aniversário do golpe que implantou uma ditadura militar no País, em 1964.

“Exaltar o golpe que fechou o Congresso, censurou a imprensa, cassou mandatos, prendeu e matou pessoas é uma ofensa aos brasileiros. É tripudiar sobre mortos, desaparecidos e seus familiares. Outro atentado à democracia”, escreveu Renan nas suas redes sociais. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

DitaduraRenan