Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para Santos Cruz, aumento de fundão é ‘inexplicável’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O ex-ministro general Santos Cruz considerou “inexplicável” o pagamento de R$ 2 bilhões em recursos para custear o Fundo Eleitoral. O general usou suas redes sociais para se juntar ao coro dos adversários da proposta que foi aprovada pelo Congresso e sancionada por Jair Bolsonaro para custear os gastos dos candidatos e partidos nas campanhas municipais.

Apesar da crítica, Santos Cruz não fez referência à decisão do presidente de sancionar a proposta. Bolsonaro tem sido criticado duramente pela decisão e usado a desculpa que se não o fizesse poderia sofrer um pedido de abertura de processo de impeachment por suposto crime de responsabilidade. Juristas e políticos, entretanto, dizem que a alegação do presidente não tem fundamento.

“Inexplicável! Campanhas eleitorais ficaram infinitamente mais baratas com o uso das mídias sociais. Eleições municipais são mais localizadas, de conhecimento direto do público local…. mas o fundo eleitoral absorvendo mais dinheiro público. Gastos em baixa e Fundão em alta”, criticou o general.