Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Para secretário, é ‘hora de unir forças’ para reduzir Custo Brasil’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, lamentou o encerramento das atividades das fábricas da Ford no Brasil. Ele lembrou, pela sua conta no Twitter, que quando o governo Bolsonaro se iniciou, em 2019, “a indústria vinha em frangalhos, apesar de bilhões gastos por governos anteriores”.

“Temos reduzido o custo Brasil que herdamos, 22% do PIB. Mas a pandemia impediu que nossas ações surtissem efeito a tempo”, acrescenta o secretário na sua publicação.

Costa defende que haja união de esforços na tarefa de redução do Custo Brasil.

“É hora de unirmos forças para avançar ainda mais rápido na redução do Custo Brasil e recuperar nossa indústria, que perdeu espaço no PIB em todos os governos anteriores. De continuar o trabalho focado, que já permitiu que nossa indústria se recuperasse em V este ano”, diz.

Tudo o que sabemos sobre:

FordCarlos da Costa