Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Parceria com EUA ainda não decolou

Equipe BR Político

Após quase nove meses de governo e partindo para a terceira viagem aos EUA, o presidente Jair Bolsonaro ainda não tem motivos comerciais para comemorar a aproximação com o governo de Donald Trump, apesar de ambos os presidentes demostrarem boa vontade.

Na primeira viagem aos EUA, em março, os dois presidentes assinaram uma declaração conjunta e comemoraram uma “nova era” no relacionamento econômico e político entre as nações.

Um levantamento produzido pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) e obtido pelo Estadão aponta que apenas dois de 13 compromissos firmados há seis meses foram concretizados. Os demais estão em curso.

Os dois compromissos que já saíram do papel foram a designação do Brasil como aliado extra-OTAN, pelos americanos, e a medida unilateral do governo brasileiro de isentar os turistas dos EUA de visto. Os demais ainda precisam de medidas do lado americano, brasileiro ou de algum avanço na agenda dos dois lados. Na prática, nenhum deles traz grandes benefícios para o Brasil.