Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Paredão da regra de ouro

Equipe BR Político

O próximo presidente da República terá de dançar conforme a música do Congresso caso não queira ser afastado por crime de responsabilidade. O risco mora na regra de ouro, que proíbe ao governo se financiar (emitir dívidas) para bancar despesas correntes.

Caso o Executivo precise de crédito para cobrir buracos, terá de pedir autorização ao Legislativo, é o que lembra nesta terça, 15, o colunista Bruno Boghossian, da Folha. A “rédea curta” pode frear quem hoje critica o “balcão de negócios da política”.

Tudo o que sabemos sobre:

regra de ouro