Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Parente: ‘política de preços ficou sob intenso questionamento’

Marcelo de Moraes

Na sua carta de demissão da Petrobras, Pedro Parente deixou claro que não estava satisfeito com o questionamento da política de preços da empresa. Para Parente, o debate tinha se tornado “emocional”.

“A greve dos caminhoneiros e suas graves consequências para a vida do País desencadearam um intenso e por vezes emocional debate sobre as origens dessa crise e colocaram a política de preços da Petrobras sob intenso questionamento. Poucos conseguem enxergar que ela reflete choques que alcançaram a economia global, com seus efeitos no País”. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

pedro parentePetrobras