por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Partidos usam militares como desculpa

Vera Magalhães

Operadores do governo na negociação da reforma da Previdência não se sensibilizam com a suposta preocupação dos partidos pelo fato de o projeto que regulamenta a Previdência dos militares não ter sido enviado em conjunto com a proposta de emenda constitucional que altera as regras para os servidores civis e os trabalhadores do regime geral. “Eles não estão nem aí para os militares”, resume a fonte para o BR18. O verdadeiro pano de fundo da insatisfação é político: partidos como PRB, PP e PR querem ser chamados a conversar e receber atenção para demandas que são políticas, e não técnicas e concernentes ao texto da Previdência. Esse fluxo de articulação política deverá ser iniciado na semana que vem, garante o governista, tendo Onyx Lorenzoni e Rodrigo Maia como pontos de referência. / V.M.