Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Páscoa dos Bolsonaro tem mais polêmica virtual

Vera Magalhães

Assim como ocorrera no Carnaval, a Páscoa da família Bolsonaro foi marcada por agitação infrutífera e inconsequente nas redes sociais. Um vídeo de entrevista com Olavo de Carvalho recheada dos habituais palavrões e críticas ao vice-presidente, Hamilton Mourão, e aos demais militares do governo, foi postado no canal oficial de Jair Bolsonaro no YouTube no sábado, repercutido por Carlos Bolsonaro nas redes sociais e depois, diante da enorme repercussão, retirado do ar, no fim da tarde. O Painel da Folha restabelece a cronologia e reproduz o vídeo.

No vídeo, Olavo acusa os militares de vaidade, de ter feito “cagadas” antes e depois do golpe de 1964 e de querer desestabilizar o governo Bolsonaro. “Os milicos têm de começar a confessar os seus erros, antes de querer confessar os dos outros”, diz ele, num dos trechos menos virulentos. Numa postagem noturna no Twitter, Carlos Bolsonaro fez mais um de seus desabafos vitimistas de difícil compreensão: “Começo uma nova fase em minha vida. Longe de todos que de perto nada fazem a não ser para si mesmos. O que me importou jamais foi o poder. Quem sou eu neste monte de gente estrelada?”. / V.M.