por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Pastores ligados a Trump querem agenda com Bolsonaro

Equipe BR Político

Com acesso semanal ao primeiro escalão da Casa Branca, a organização evangélica norte-americana Capitol Ministries, com atuação em seis países da América Latina, também pretende ter uma agenda com o presidente Jair Bolsonaro ainda neste mês, informa o site Pública. O grupo, financiado pelo vice-presidente Mike Pence e pelo secretário de Estado Mike Pompeo, diz ser defensor de uma “política cristã”, em que pese ser a favor da construção de um muro entre EUA e México, e nega o aquecimento global. Em abril, integrantes do coletivo se reuniram com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

Segundo o pastor Raul José Ferreira Jr., o grupo tem o objetivo de “mudar o destino da nossa nação”. “Nossa ideia é chegar a nível de Presidência da República e ministros, primeiro escalão. A gente tem um slogan que é ‘first the firsts’, ou seja, primeiro os primeiros. Através dessas pessoas com relevância a gente pode mudar o destino da nossa nação”, revelou.