Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Paulistas reclamam de acordo fechado por Doria com operadoras de celular

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

As redes sociais reagiram, na noite desta quinta-feira, 9, ao acordo fechado pelo governo de São Paulo com operadoras de telefonia celular (Vivo, Claro, Oi e TIM ) como medida para reforçar o isolamento social em meio à pandemia do novo coronavírus.

Usuários do Twitter usaram a hashtag #eunaoaurorizo para registrarem que não permitem que as operadoras compartilhem a localização dos clientes com o Sistema de Monitoramento Inteligente contra coronavírus, como anunciou hoje o governador João Doria (PSDB).

“Com 100% dos usuários de telefonia celular em São Paulo, nós podemos identificar os locais onde as pessoas estarão e onde houver concentração para analisar o percentual de isolamento e também ações de orientação e advertência, se necessário”, afirmou o governador. Doria também fez agradecimentos às direções das quatro operadoras pela parceria sem ônus ao Estado.

“Ei, @ClaroBrasil, eu não autorizo de forma alguma vocês liberarem informações do meu celular pra qualquer pessoa, se isso acontecer tomarei as providências jurídicas”, prometeu um internauta.