Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Pazuello segue internado e fará novos exames

Equipe BR Político

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, segue internado num hospital particular da rede D’Or em Brasília, no qual está desde sexta-feira, devido a complicações no seu quadro de covid-19.

Faz dez dias que Pazuello foi diagnosticado com o novo coronavírus. Desde então, ele fez propaganda do “kit covid”, com ênfase na ingestão de hidroxicloroquina. Fez isso, inclusive, em vídeo feito por Jair Bolsonaro em visita não-recomendada pelos médicos ao auxiliar, que estava dormindo e com recomendação de isolamento quando o presidente chegou.

Pazuello foi instado a dizer que estava se tratando com hidroxicloroquina desde o primeiro dia da doença, e que estava “zero bala”. Oito dias depois, foi internado por apresentar um quadro de desidratação, dores de cabeça e febre.

Há relatos de pacientes que tomaram cloroquina ou hidroxicloroquina e relataram, como efeitos adversos, quadros de desidratação. Além disso, não só o medicamento não tem nenhuma eficácia comprovada para quadros leves, moderados ou graves de covid-19, como pode provocar outras reações adversas, sobretudo em pacientes com histórico de doenças cardíacas.

Não há previsão para alta de Pazuello. Na sexta, a expectativa era a de que ele fosse ter alta rápida, após enfrentar a desidratação. Mas agora a informação é de que ele terá de se submeter a novos exames.