Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PDT aciona o STF para que Moro não destrua provas

Equipe BR Político

O PDT acionou o STF por meio de uma arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) para que o ministro Sergio Moro seja impedido de destruir provas colhidas com os hackers presos pela PF no último dia 23, no contexto da Operação Spoofing. Para o partido, o eventual descarte de provas “violaria preceitos constitucionais relativos ao devido processo legal, à legalidade e à moralidade, além de configurar abuso de poder e ofensa ao princípio da separação dos Poderes”. O juiz do caso é Vallisney de Oliveira.

Em conversa com o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, Moro afirmou que destruiria o suposto conteúdo apreendido com os presos, na semana passada, conforme divulgado pelo tribunal, gerando várias reações contrárias, como a do ministro Marco Aurélio Mello, do STF.

Tudo o que sabemos sobre:

PDThackerMoro