Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PDT suspende Tabata e outros 7 dissidentes

Equipe BR Político

O PDT decidiu suspender seus oito deputados federais que foram favoráveis ao texto-base da reforma da Previdência no primeiro turno da votação da proposta na Câmara. A suspensão pode durar até 60 dias e é consequência da instauração de um processo disciplinar na Comissão de Ética contra o parlamentares que foram contra a decisão do partido. Atualmente, a bancada do PDT na Câmara tem 27 deputados, o que significa que quase um quarto da bancada contrariou a decisão do partido, incluindo a deputada Tabata Amaral (SP).

Em nota, o PDT informou que os dissidentes “estão com suas representações partidárias suspensas, seja no Congresso Nacional ou nos seus estados de origem.” Segundo o site do PDT, o partido também decidiu que “filiados que façam parte de grupos de financiamento externo não receberão legenda do PDT para disputar eleições”.

Tudo o que sabemos sobre:

PDTsuspendeDissidentesTabata Amaral