Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PEC paralela deve chegar em março à CCJ da Câmara

Equipe BR Político

A chamada PEC paralela, que trata principalmente da inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência, deve começar a ser discutida pela CCJ da Câmara em março de 2020. A PEC começou a tramitar pelo Senado, e foi aprovada pelos senadores em novembro, que incluíram diversas modificações na reforma da Previdência que já está em vigor. Mas, segundo o Broadcast Político, na Câmara, os deputados devem desidratar a proposta e manter apenas a espinha dorsal do projeto, que é a inclusão de Estados e municípios na reforma.

CCJ da Câmara Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Não dá mais tempo este ano”, disse o presidente da CCJ, deputado Felipe Francischini (PSL-PR). Ele afirma, no entanto, que a proposta será prioridade em março quando as comissões da Câmara voltam a funcionar. Como você já leu aqui no BRP, já é esperado que o texto enfrente maior resistência na Câmara do que já enfrentou no Senado. A previsão de que a PEC irá “empacar” com os deputados rendeu, inclusive, a alcunha de “PEC da balela” ao projeto.