Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Pedro Simon quer Jucá afastado do MDB

Equipe BR Político

O ex-senador e ex-governador  do Rio Grande do Sul, Pedro Simin, fez um aviso ao seu partido, o MDB: ou faz uma profunda reflexão, ou corre o risco de desaparecer. “Se ficar como está, há o risco de desaparecimento do partido”, disse. Entre as medidas atuais da sigla que discorda está a manutenção de Romero Jucá como um filiado ao invés de ser presidente do partido. “É um absurdo. Ele deveria estar afastado. O presidente do partido tem de ser uma figura unânime na seriedade, dignidade e correção. Sem um pingo de resquício. Romero não é a pessoa certa para ser presidente do MDB. É negativo”, afirmou em entrevista ao Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

MDBRomero JucáPedro Simon