Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Pelo menos 9 pontos da Lei de Abuso serão vetados

Equipe BR Político

Contagem regressiva: faltam três dias para o fim do prazo para que o presidente Jair Bolsonaro sancione, vete ou sancione com vetos a Lei de Abuso de Autoridade. Na manhã desta segunda-feira, 2, Bolsonaro afirmou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro pediu 10 vetos à lei. Segundo o presidente, “nove estão garantidos”. No total, a lei tem 44 artigos.

Bolsonaro garante pelo menos 10 vetos à Lei de Abuso de Autoridade

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Na última semana, ele disse que ouviria o seu próprio centrão (Moro, Paulo Guedes e Tarcísio Gomes de Freitas) para decidir sobre o tema. O principal desafio do presidente será equilibrar a balança, para não desagradar nem ao Congresso nem seu eleitorado virtual. Na sexta-feira passada, Bolsonaro avisou que independentemente dos pontos que escolhesse para vetar, não se trataria de um veto “populista”, indicando que não deve jogar para a torcida.

Na internet, a rede bolsonarista faz campanha pelo #VetaTudo. Do outro está o Congresso, que já avisou que a relação azedará ainda mais caso Bolsonaro decida vetar boa parte do que foi aprovado pela Câmara no último dia 14 de agosto. E que na semana passada deu uma demonstração de força ao derrubar com folga um veto do presidente.