Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Persio Arida dispara contra ‘direita obscurantista’

Equipe BR Político

O economista Persio Arida, ex-presidente do BNDES, Banco Central e um dos formuladores do Plano Real na gestão FHC, também critica a reforma previdenciária como solução para a marcha lenta da economia brasileira, em entrevista à revista Veja. Na quinta, 27, outros economistas que trabalharam no mesmo barco de Arida expressaram a mesma preocupação. Para ele, o “verdadeiro desafio” está na abertura da economia e na reforma tributária.

O economista que coordenou o programa econômico de Geraldo Alckmin reafirmou que é um neoliberal e de direita ao ser questionado sobre as críticas que ele já fez ao ministro Paulo Guedes, a quem já chamou de “mitômano” e inexperiente. “Mas não me identifico com essa direita tosca que está emergindo junto do Bolsonaro. Essa direita obscurantista, anticiência, antidireitos humanos, antiagenda ambiental é uma direita tosca, uma caricatura do liberalismo. Essa direita que emergiu é uma deformação das ideias liberais”. A declaração recebeu apoio explícito do presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência na Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM):

 

Tudo o que sabemos sobre:

Persio Aridaprevidência