Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Pesca de camarão e lagosta proibida em áreas de vazamento

Equipe BR Político

Por conta do vazamento de óleo que atinge o litoral do Nordeste, o governo federal proibiu a pesca de lagosta e camarão em algumas das áreas atingidas. A instrução normativa consta no Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira, 29.

Com isso, cerca de 60 pescadores da região terão direito a receber até duas parcelas extras do seguro-defeso. “Têm direito ao benefício os pescadores profissionais artesanais que trabalham nas áreas atingidas pelo óleo, conforme mapeamento do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama)”, comunicou o Ministério da Agricultura em nota.

De acordo com a publicação no DOU, a decisão se deve à “grave situação ambiental, decorrente da provável contaminação química por derramamento de óleo no litoral da Região Nordeste”.

A decisão do ministério antecipa o período em que a pesca desses animais já é proibida pelo governo. Entre o dia 1º e 30 de novembro do ano de 2019, ninguém poderá pescar na divisa dos Estados de Pernambuco e Alagoas e na fronteira dos municípios de Mata de São João e Camaçari, na Bahia.

Anualmente, esse tipo de proibição já acontece entre os períodos de 1º de abril e 15 de maio e entre 1º de dezembro e 15 de janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:

pescaNordesteóleovazamentopescadores