Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Pesquisa indica favoritismo de Bolsonaro em 2022

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Se a eleição presidencial fosse hoje, mesmo com o caos político instalado no País, que passa pela prisão do ex-assessor Fabrício Queiroz e pelo tratamento que o governo federal tem dado – ou não – ao combate da covid-19 no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro seria reeleito.

O presidente Jair Bolsonaro na frente do Palácio da Alvorada na semana passada

O presidente Jair Bolsonaro na frente do Palácio da Alvorada na semana passada Foto: Dida Sampaio/Estadão

De acordo com levantamento da Paraná Pesquisas divulgado pela revista Veja nesta sexta-feira, 24, Bolsonaro lidera todos os cenários de primeiro turno. Além disso, o atual ocupante do Palácio do Planalto derrotaria os seis potenciais adversários na disputa do segundo turno: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-­prefeito Fernando Haddad (PT), o ex-­governador Ciro Gomes (PDT), o ex-­ministro Sérgio Moro, o governador paulista João Doria (PSDB) e o apresentador Luciano Huck.

Chama muito a atenção o fato de que a mesma pesquisa mostrar que 48,1% dos brasileiros desaprovam o governo (eram 51,7% no fim de abril). A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 21 de julho e tem margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Em primeiro turno, o levantamento indica o seguinte resultado:

  • Jair Bolsonaro: 29%
  • Sérgio Moro: 17,1%
  • Fernando Haddad: 13,4%
  • Nenhum: 10%
  • Ciro Gomes: 9,9%
  • Luciano Huck: 6,5%
  • Não sabem: 4,9%
  • João Doria: 4%
  • João Amoêdo: 3,4%
  • Guilherme Boulos: 1%
  • Wilson Witzel: 0,7%