Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Petróleo sofre desvalorização de 305% em NY

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O preço do barril de petróleo sofreu a incrível desvalorização de 305,97% em Nova York. Assim, o óleo tipo WTI foi cotado pela primeira vez na história a preço negativo: menos US$ 37,63. O preço se refere aos contratos de compra de petróleo de maio a partir de 1.000 barris. Com a queda do consumo de combustíveis fósseis devido à pandemia de coronavírus, os estoques ficaram lotados. Assim, quem tem contratos futuros fechados para receber o produto no início do próximo mês não tem onde estocá-lo.

Ou seja, quem tem contratos em mão precisou encontrar o que fazer para não receber um produto cujo preço de estoque seria superior ao de venda. Foi preciso pagar para não ter a obrigação de receber o produto. Segundo o Estadão, é improvável que uma situação semelhante volte a acontecer.

Tudo o que sabemos sobre:

Petróleocoronavírus