Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PF deflagra Operação Recorrência

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram na manhã desta quarta-feira, 17, a Operação Recorrência, mais um desdobramento da Operação Câmbio Desligo, para investigar dois auditores da receita estadual do Rio que integravam um braço na Secretaria de Fazenda da organização criminosa chefiada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral Foto: Fabio Motta/Estadão

Heraildo Schwab Carmo foi preso na Barra da Tijuca, e Allan Dimitri Peterlongo, em São José dos Campos (SP). As ordens foram expedidas pela 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro.

Segundo a PF, os auditores mantêm contas no exterior em nome de offshores nas Ilhas Virgens Britânicas, no Panamá e em Belize.

Tudo o que sabemos sobre:

PFOperação RecorrênciaSérgio Cabral