Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PF pediu operação antes de eleição

Equipe BR Político

A procuradora-geral da República Raquel Dodge vai precisar explicar a demora de mais de 45 dias para dar parecer sobre a investigação contra o senador Aécio Neves (PSDB). Isso porque a Polícia Federal enviou no dia 11 de setembro para o ministro Marco Aurélio Mello a investigação que originou a operação desta terça-feira, 11. Mello pediu parecer de Raquel Dodge antes de decidir.

Embora Aécio fosse candidato a deputado federal, a procuradora enviou seu parecer só em 28 de outubro, quando Aécio já estava devidamente eleito, informou o colunista Lauro Jardim no Globo.