Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PGR denuncia Arthur Lira, líder ‘informal’ do governo Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O líder do PP na Câmara, Arthur Lira (AL), foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao STF nesta sexta-feira, 5. A PGR acusa o parlamentar de receber propina da empreiteira Queiroz Galvão no valor de R$ 1,6 milhão. O dinheiro teria sido pago a Lira pelo apoio do PP para Paulo Roberto Costa permanecer no comando da Petrobrás.

Lira é um dos principais nomes do Centrão e se aproximou do governo após sua sigla ganhar alguns cargos na estrutura do Executivo. Caso o STF aceite a denúncia, Lira passará a ser formalmente réu por corrupção passiva. Recentemente, surgiu ao lado de Jair Bolsonaro em um vídeo, pedindo ao presidente mandar cumprimentos para seus familiares. Ele tem defendido fortemente a agenda do Planalto na Câmara e é chamado por outros deputados de “líder de fato” do governo na Casa Legislativa.

Tudo o que sabemos sobre:

Arthur LiraPPJair Bolsonaro