Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PGR pede que STF negue pedido de Lula por suspeição de Moro

Equipe BR Político

Em manifestação enviada ao STF na quinta-feira, 5, a PGR pediu que a Corte rejeite requerimentos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula nos quais pede a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro em julgamentos relacionados ao petista. A manifestação é assinada pelo coordenador da Lava-Jato na PGR, o subprocurador-geral da República José Adônis Callou, que avalia que não houve irregularidades nos diálogos entre o atual ministro da Justiça e procuradores da Lava Jato de Curitiba no Telegram.

Araújo Sá afirma ainda que o material da Vaza Jato não pode ser utilizado para o fim pretendido em virtude de seu caráter ilícito e por não ser possível confirmar sua autenticidade e integridade. “Ainda que fossem lícitas e autênticas (as mensagens vazadas), não demonstram conluio ou suspeição, e as decisões proferidas pelo juiz estão embasadas em fatos, provas e na lei, e embora intensamente questionadas no Judiciário, foram confirmadas”, diz um trecho da manifestação.

O julgamento do pedido de suspeição de Moro no STF estava previsto para novembro, mas deve ficar para o ano que vem por falta de tempo hábil em 2019. A ação é uma das principais apostas do ex-presidente Lula para barrar seus processos com origem no Paraná.

Tudo o que sabemos sobre:

Lulasergio moroSTFPGRsuspeiçãoLava Jato