Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PGR vai investigar troca de comando da PF do Rio

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Procuradoria-Geral da República vai investigar a troca de comando da Polícia Federal no Rio de Janeiro em desdobramento do inquérito que apura as acusações do ex-ministro Sérgio Moro de que o presidente Jair Bolsonaro interferiu politicamente na corporação. Como você acompanhou aqui no BRP ontem, o chefe do Planalto nomeou de forma relâmpago o novo diretor-geral da PF, Rolando Alexandre de Souza, cujo primeiro ato foi trocar o chefe do órgão no Rio de Janeiro, que vem a ser o número 2 do indicado que teve sua nomeação barrada pelo STF por ferir o princípio da impessoalidade e moralidade. Questionado sobre o tema nesta manhã, Bolsonaro, gritando, mandou os jornalistas calarem a boca.

No último dia 24, ao anunciar sua demissão do governo, Moro afirmou que as interferências do ex-chefe atingiam o comando da Superintendência do Rio, área de interesse da família Bolsonaro.

 

Tudo o que sabemos sobre:

PGRinquéritosergio moroPFRio de Janeiro