Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Plano para Nordeste só não tem dinheiro

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro desembarca no Nordeste pela primeira vez depois de ter tomado posse  nesta sexta, 24. Na bagagem, papeis do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), que será lançado no dia pelo presidente em Pernambuco, mas pouca previsão de seu custeio. “Vamos ter que fazer uma articulação buscando todos os esforços dos Estados, municípios e União. Não tem nada definido. O BNDES pode entrar com recursos também. É uma estruturação maior que vai acontecer”, disse Mario de Paula Guimarães Gordilho, superintendente da Sudene, ao Estadão.

O PRDNE prevê mais de 800 ações nos 11 Estados da região da Sudene (além de Minas Gerais e Espírito Santo), como pontes, estradas, ampliações de portos, ferrovias, melhorias em habitação, tecnologia e educação. O projeto será votado no dia por todos governadores da região, na reunião do Conselho Deliberativo da Sudene, mas poucos deles creem que ele vai decolar, apesar de considerarem positiva a iniciativa.

Tudo o que sabemos sobre:

SudenegovernadoresNordeste