Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PM do Pará prende sete participantes de carreatas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Polícia Militar do Pará deteve neste domingo, 29, oito pessoas de sete carros que desobedeceram norma sanitária de decreto do governador Helder Barbalho (MDB) contra carreatas, em Belém. Na sexta, Helder avisou aqui no BRP que haveria prisões caso a população desrespeitasse o decreto. “Aqui não vamos arredar um milímetro. Se houver manifestação, vai ser coibido. Está proibido fazer manifestações que tenham o caráter de levante contra uma estratégia de reclusão que é justamente para proteger a população”, disse ele na semana passada. Não deu outra. A PM conseguiu identificar o trajeto e barrou os manifestantes. O grupo pretendia fazer a carreata a favor do presidente Jair Bolsonaro e contra a indicação de isolamento social, recomendada pela Organização Mundial de Saúde para o combate ao novo coronavírus.

Ontem, uma liminar da Justiça do Rio proibiu a realização, na capital fluminense, de uma carreata que pediria o fim da quarentena no País, com aplicação de multa de R$ 50 mil aos organizadores. Eles pretendiam seguir da Barra da Tijuca até o Palácio Guanabara, sede do governo estadual, para protestar contra as medidas de restrição de circulação recomendadas pelo governador Wilson Witzel.

Tudo o que sabemos sobre:

ParácarreatacoronavírusHélder Barbalho