Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PMs são afastados após quebrarem braço de petista

Equipe BR Político

Pelo menos quatro policiais militares foram afastados do serviço de patrulhamento das ruas depois de Geovani Leonardo Doratiotto da Silva, advogado e dirigente do PT ter o braço quebrado em uma abordagem dentro da delegacia de Atibaia, no último domingo, 3.

De acordo com a Corregedoria da PM, eles ficarão afastados até a conclusão da investigação. A Secretaria da Segurança Pública informou em nota que a PM instaurou um inquérito policial militar para apurar a conduta dos agentes envolvidos na ocorrência, informou o UOL.