Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Política de preços da Petrobras pode mudar

Equipe BR Político

O governo avalia alterar a política de preços dos combustíveis da Petrobrás como resposta à crise aberta com a intervenção do presidente Jair Bolsonaro no reajuste do diesel na semana passada. Depois de uma série de reuniões na segunda-feira o governo deve se manifestar oficialmente nesta terça sobre o tema, que derrubou as ações da companhia e sacudiu o mercado diante da demonstração de intervencionismo do governo.

Uma das possibilidades à mesa é aumentar o número de pessoas a serem consultadas para a fixação do preço, e a redução na margem de autonomia para a flutuação do valor nas refinarias, que hoje vai de -7% a +7%, informa o Estadão. A nova política pode, também, passar a levar a média de preços dos últimos quatro meses para a fixação de reajustes –o que faria a Petrobras perder competitividade no mercado. O governo resiste a qualquer solução que envolva subsídio.