Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Politização’ no STF

Equipe BR Político

Para o especialista no STF e professor da FGV Direito Rio Ivar Hartmann, coordenador do Supremo em Números, a hipótese de que os ministros da Corte são partidarizados não faz muito sentido. Hartmann diz, ao Valor, acreditar mais em ‘politização’ e ‘ideologização’ na hora dos votos.

Mesmo assim, o especialista acredita que as decisões em questões criminais, como na Lava Jato, são menos influenciadas pelas preferências partidárias dos ministros do que pensamos. “A dualidade na Lava-Jato não é esquerda e direita. É entre população e partidos políticos, de esquerda e de direita, que infelizmente não representam a população.”

Tudo o que sabemos sobre:

Lava JatoSTF