Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Por emprego, trabalhadores aceitam vagas menos qualificadas

Equipe BR Político

A luta por uma vaga no mercado tem feito trabalhadores deixarem de lado seus diplomas e aceitarem empregos que pedem menos qualificação do que possuem. Reportagem do Estadão mostra que a crise “fez crescer o número de brasileiros que concluíram a faculdade, mas que hoje ocupam funções que não exigem formação superior”.

“Dados do segundo trimestre da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, mostram que 30%, pouco menos de um terço, dos trabalhadores com ensino superior estavam ocupando funções que não demandam uma formação universitária”, cita a reportagem. “Outra pesquisa, divulgada em agosto pela agência de recrutamento de executivos Robert Half, indica que 92% dos desempregados com graduação aceitariam retornar ao mercado por salário e posição inferiores. A proporção é a mais alta da história do levantamento, que está em sua oitava edição”, acrescenta o texto dos repórteres Douglas Gravas e Renato Jakitas.

Tudo o que sabemos sobre:

emprego