Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Por enquanto, coercitiva vence no STF

Equipe BR Político

O STF começou a votar na quarta-feira, 13, a permissão da condução coercitiva, atualmente proibida por liminar do ministro Gilmar Mendes.

Luiz Fux, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Edson Fachin já se manifestaram a favor da possibilidade de condução coercitiva de investigados para interrogatórios. Gilmar Mendes e Rosa Weber foram contra. A votação será retomada nesta quinta, 14.

Tudo o que sabemos sobre:

STFcondução coercitiva