Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Por enquanto, Ministério da Saúde não prevê compra de vacina russa

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério da Saúde está cauteloso com a notícia de que a Rússia já possui uma vacina eficaz contra o coronavírus. A pasta considera não haver provas da segurança da droga e que, portanto, não prevê no momento abrir negociações para comprar o medicamento com recursos do governo federal. De acordo com informações do Estadão, integrantes da cúpula da pasta devem ter uma reunião nos próximos dias com representantes russos para saber mais da vacina.

Membros da comunidade científica colocam em dúvida a segurança do medicamento. O presidente russo Vladimir Putin diz que a vacina está na fase 3 de testes, mas a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que ela estaria na fase um. Menos de dois meses teriam passado desde o primeiro teste m humanos até sua homologação pelo governo russo.