Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Por que Bolsonaro não retira o PLN?

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Nesta quarta-feira, 11, um grupo de parlamentares irá até o Palácio do Planalto entregar nas mãos de Jair Bolsonaro um abaixo-assinado, que, involuntariamente, desmoraliza a narrativa governista. Nele, no qual consta até mesmo a assinatura de Eduardo Bolsonaro, deputados e senadores pedem que o presidente retire o PLN que redistribui os valores da emenda do relator. Ou seja, expõem que basta a vontade presidencial para manter com o Executivo os R$ 30 bilhões em disputa nas últimas semanas.

Assim, mostram que o “rei está nu” em meio ao seu chamamento para pressionar o Congresso na questão. Se basta uma canetada do presidente, qual a necessidade de contar com a vontade de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre? Por que Bolsonaro não resolve o impasse se considera que vale a pena até mesmo arriscar uma manifestação de rua em meio a uma possível epidemia de coronavírus?

O motivo, que Bolsonaro se nega a pronunciar como se fosse uma praga, é que o Planalto fechou um acordo com os congressistas. E que não vai assumir o ônus de brigar com o Parlamento para ficar com os R$ 30 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroOrçamento imposiivo