Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Possíveis parceiros em frente, PSDB, DEM e MDB vão comandar 13 capitais

Marcelo de Moraes

Existe uma avançada conversa para que PSDB, DEM e MDB estejam juntos no projeto presidencial para 2022. Se for levado em conta o resultado das eleições municipais, a largada do grupo não poderia ser melhor. Somados, os três partidos venceram em 13 das 25 capitais que já escolheram seus prefeitos (falta Macapá).

Eduardo Paes (DEM) fez discurso ao lado de Rodrigo Maia (DEM) após ser eleito. Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Essa aliança já aconteceu formalmente em várias cidades, incluindo São Paulo. E é inegável o potencial de sua força. Os três partidos conquistaram São Paulo, Rio, Salvador, Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Florianópolis, Porto Velho, Palmas, Natal, Cuiabá, Teresina e Boa Vista. Ou seja, mais da metade das capitais onde a eleição foi encerrada.

Perguntei ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), um dos entusiastas da ideia da frente ampla para 2022, se o sucesso eleitoral das três legendas facilitaria a conclusão do acordo. Cuidadoso para não avançar sinais políticos, Doria falou sobre como essa costura pode se desenvolver: “Passo a passo”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Do MarceloDoria