Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

‘PPI nos deixa muito preocupados’, diz secretário de Saúde de SP

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou ver com preocupação o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes que autoriza “estudos de alternativas” para privatizar unidades básicas de saúde do SUS. O documento abriu uma crise no governo e a medida tem sido criticada e vista com apreensão por diversos setores. “Esse programa de parceria e investimentos nos deixa muito preocupados”, afirmou o secretário em coletiva do governo de João Doria (PSDB) nesta quarta-feira, 28.

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn Foto: Divulgação/Governo do Estado de SP

Segundo ele, o maior risco é que articulações que possibilitam o atendimento a vulneráveis sejam desfeitas e grupos fiquem preteridos no SUS. “O acolhimento, principalmente aos mais desvalidos, aos mais vulneráveis, temos medo que esse tipo de parceria possa desfazer algumas tratativas, principalmente em relação à saúde da família, programas relacionados diretamente à comunidade”, afirmou. “Estamos olhando com muita ressalva para que não façamos como sempre que os mais desvalidos sejam os mais prejudicados.” 

Tudo o que sabemos sobre:

SUSPrivatizaçãoJean Carlo Gorinchteyn