Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Prefeito de Manaus a Greta: ‘Help Amazonas’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto (PSDB), apelou neste sábado, 2, à ativista Greta Thunberg para “salvar” o Estado do Amazonas. “Salve o Amazonas”, pede o chefe municipal, em inglês, no Twitter. Ele pede que ela ajude a “salvar as vidas dos protetores da floresta contra o coronavírus”. Como você leu aqui no BRP, a ativista sueca, de 17 anos, doou US$ 100 mil à Unicef para o combate à covid-19. O valor foi conquistado pela adolescente em um prêmio que ganhou da entidade das Nações Unidas.

“Estamos diante de um desastre, à beira da barbárie e sei a influencia que vote tem. Meu povo está sofrendo muito. Ajude o Amazonas. O Amazonas e a floresta devem ser salvos”, clamou.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), é alvo de dois novos pedidos de impeachment na Assembleia Legislativa, que ainda não se manifestou sobre o assunto. Um deles é do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) e, o outro, do Conselho Regional de Administração do Amazonas. Todos eles alegam má gestão da saúde no Estado, um dos mais gravemente afetados pela covid-19 no País.

O Ministério da Defesa informou que 452 mil equipamentos de proteção individual chegam hoje ao Estado. Na semana passada, 13 dos 24 deputados estaduais Assembleia Legislativa do Amazonas reforçaram pedido para que a pasta interviesse no Estado em razão da pandemia.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Arthur VirgíliocoronavírusGreta Thunberg