Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Prefeito de NY chama Bolsonaro de ‘homem perigoso’

Equipe BR Político

“Jair Bolsonaro é um homem perigoso”. A opinião é do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que agradeceu ao Museu de História Natural por se recusar a sediar um jantar em homenagem ao brasileiro. Na mensagem, publicada no Twitter do prefeito, ele diz que o presidente brasileiro tem um “racismo evidente, sua homofobia e suas decisões destrutivas terão um impacto devastador no futuro do nosso planeta. Para o bem da nossa cidade, agradeço ao Museu de História Natural por cancelar esse evento”, publicou no Twitter, na terça-feira, 16. Os comentários de Blasio sobre Bolsonaro começaram na sexta-feira, 12, quando ele pediu que o museu não recebesse Bolsonaro.

O assessor da Presidência para assuntos internacionais, Filipe Martins, não deixou as críticas do prefeito passarem em branco e, também pelo Twitter, chamou o nova-iorquino de “toupeira”. “Não há surpresa alguma em ver Bill de Blasio — um sujeito que colaborou com a Revolução Sandinista, que considera a URSS um exemplo a ser seguido e que faz comícios no monumento dedicado a Gramsci no Bronx — criticando o presidente Bolsonaro. Surpresa seria uma toupeira dessas o elogiar”, escreveu Martins.