Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Prefeito de Porto Alegre pode ser alvo de impeachment

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

Os vereadores de Porto Alegre analisam na sessão desta quarta-feira, 5, um requerimento que pede a abertura de processo de impeachment contra o prefeito Nelson Marquezan (PSDB). A ação foi recebida na Câmara local no último dia 31. O tucano é candidato à reeleição na eleição deste ano, mas aparece em terceiro na disputa local.

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior. Foto: Joel Vargas/Prefeitura de Porto Alegre

O pedido aponta que o chefe do Executivo de Porto Alegre usou recursos do Fundo Municipal de Saúde para pagamento de gastos com publicidade. Conforme alegam os signatários da ação, dados disponíveis no Portal Transparência do Executivo indicam que Marquezan autorizou a aplicação de R$ 2.414.465,14 do fundo em despesas de divulgação publicitária.

Esse é o sexto pedido de afastamento do prefeito desde 2017. Todos os anteriores foram arquivados.