Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Prefeito dos R$ 5 mi se justifica

Luiza Pollo

Artur Parada Prócida (PSDB), prefeito de Mongaguá (SP), preso durante a Operação Prato Feito, afirmou que os R$ 5 milhões em espécie encontrados em sua casa são fruto de uma herança e sobras de campanha eleitoral.

“Ele assume, sim, irregularidades que podem até levar a um crime eleitoral, porque existem numerários não contabilizados”, disse o advogado Eugênio Malavasi à Folha.

Tudo o que sabemos sobre:

PSDB