Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente a favor de reabertura do caso da facada

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou na noite de terça, 28, ser a favor da reabertura das investigações da facada que levou em 2018 de Adélio Bispo de Oliveira, autor confesso do crime, em Juiz de Fora. O Ministério Público e a Justiça endossaram as conclusões da Polícia Federal de que Adélio agiu sozinho. Questionado sobre o que o levaria a pedir essa reabertura ao novo chefe da PF, o presidente afirmou que “está aqui quem quase morreu, os telefones apreendidos, o dinheiro dos advogados razoavelmente conhecidos, isso que me leva a crer. Por que apareceram três advogados? (…) A conclusão foi de que era um lobo solitário, eu acho que não é. Não quero forçar a barra nem descobrir, inventar um responsável. Nunca passou por mim cometer essa injustiça”, respondeu Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada na terça

O presidente Jair Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada na terça Foto: Dida Sampaio/Estadão