Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente ameaça demitir secretário do quintal de Guedes

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que um ou dois vão perder a cabeça no Ministério da Economia depois que o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Luiz Augusto de Souza, acusou o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade da pasta, Carlos da Costa, de fazer pedidos “não republicanos”, em entrevista à revista Veja. “Eu tomei conhecimento. Estou louco para saber. Entrei em contato com o Paulo Guedes, para saber que pedido é esse. Um dos dois, no mínimo, vai perder a cabeça. Porque não pode ter uma acusação dessas. Daí vão dizer que ele ficou lá porque tem uma bomba embaixo do braço. Não é esse o meu governo. Já pedi para apurar. Um dos dois, ou os dois perderão a cabeça”, disse Bolsonaro nesta segunda, 2, na saída do Palácio da Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro ameaça demitir dois secretário do ministério da Economia

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Na publicação, Souza narra que ele seria demitido pelo secretário e então se rebelou, exigindo que a ordem viesse expressa do presidente da República. “Não tenho a menor dúvida que o motivo da discussão da minha saída é o ódio do secretário Carlos da Costa porque não atendi aos pedidos não republicanos dele”, disparou.

Tudo o que sabemos sobre:

EconomiaPaulo GuedesABDIJair Bolsonaro