Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente apaga post sobre 3 empresas que deixariam a Argentina

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro apagou nesta quarta, 6, de seu perfil no Twitter uma mensagem que noticiava o fechamento de três fábricas na Argentina – MWM, Honda e L’Óreal – e consequente migração para o Brasil após a vitória de Alberto Fernández na disputa presencial no último domingo. As três marcas desmentiram a informação ao jornal Clarín. A publicação adiantou hoje que o vice Hamilton Mourão vai representar o presidente na posse de Fernández, no dia 10 de dezembro.

Bolsonaro subiu o tom das críticas ao argentino após ele declarar publicamente apoio à libertação do ex-presidente Lula no dia de sua eleição vitoriosa. Em julho, no entanto, já não era segredo para ninguém a amizade entre os dois: Fernández visitara o petista na cadeia. O brasileiro fez várias ameaças de rompimento do acordo do Mercosul com a União Europeia em caso de vitória de Fernández e de sua vice Cristina Kirchner.

Tudo o que sabemos sobre:

ArgentinaJair Bolsonaro