Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Presidente da AstraZeneca espera aprovação da vacina no Brasil em janeiro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente da farmacêutica AstraZeneca, Pascal Soriot, afirmou nesta sexta-feira (18) que a empresa está trabalhando em parceria direta com a Anvisa para conseguir, o quanto antes, a aprovação no Brasil de seu imunizante, desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford, contra a covid-19.

Vacina contra Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford Foto: Timur Matahari/AFP

“Estamos trabalhando com a Anvisa no Brasil para ter a aprovação (da vacina) o mais rapidamente possível. Submetemos nosso dossiê para cerca de 20 países, além da Europa e Reino Unido. Esperamos ter a aprovação durante o mês de janeiro”, disse em evento entre a Organização Mundial da Saúde (OMS) e multinacionais.

Na previsão de Soriot, a aprovação deve acontecer em janeiro de 2021, e o início da aplicação, a partir de fevereiro do próximo ano, a depender da capacidade de produção da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).