Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente diz que Brasil ‘está preocupado’ com terrorismo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça, 22, na abertura da 75ª Assembleia-Geral da ONU, que o Brasil vai revitalizar a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS), criada pelas Nações Unidas em 1986 com o objetivo de evitar a introdução de armamentos nucleares e outros de destruição em massa na região. O chefe do Planalto disse que o Brasil está preocupado com o terrorismo.

O presidente Jair Bolsonaro em discurso na abertura da Assembleia-Geral da ONU Foto: Marcos Corrêa/PR

O Brasil tem trabalhado para, em coordenação com seus parceiros sulatlânticos, revitalizar a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul. O Brasil está preocupado e repudia o terrorismo em todo o mundo. Na América Latina, continuamos trabalhando pela preservação e promoção da ordem democrática como base de sustentação indispensável para o progresso econômico que desejamos”, afirmou por videoconferência.

Além do Brasil, outros 23 países são signatários da ZOPACAS: África do Sul, Angola, Argentina, Benin, Cabo Verde, Camarões, Congo, Costa do Marfim, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Libéria, Namíbia, Nigéria, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Togo e Uruguai.