Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente diz que não dá para liberar crédito para o NE ‘ao bel-prazer’

Equipe BR Político

Após o Estadão ter revelado que a Caixa Econômica Federal liberou à Região Nordeste apenas 2,2% do volume total de empréstimos feitos neste ano, o presidente Jair Bolsonaro negou que a medida tenha motivação política e voltou a criticar os governadores nordestinos. “Os governadores do Nordeste, eles querem separar o Nordeste do Brasil, não vão conseguir”, repetiu o presidente nesta sexta-feira, 9. Na semana passada, Bolsonaro afirmou que o baixo volume de empréstimos à Região ocorre porque as prefeituras nordestinas são mais inadimplentes do que as das demais regiões do País.

Quando confrontado sobre o chamado Estudo da Confederação Nacional dos Municípios que nega sua afirmação, o presidente disse que tal estudo “não procede” e que o governo está liberando “muito recurso” à Região. “Para você liberar qualquer empréstimo, tem uma gama de pré-requisitos, não pode simplesmente ir liberando ao seu bel-prazer. Agora, nós estamos liberando muito recurso para o Nordeste”, disse.